Alunos da residência “10 anos sem Pina” apresentam “AUSÊNCIA” na XII Bienal Internacional de Dança do Ceará

 (Foto: Té Pinheiro)

Trabalho é resultado de um processo de imersão orientado pelo diretor assistente Daphnis Kokkinos, realizado pelo Porto Iracema e a Bienal, em parceria com o Theatro José de Alencar e a Vila das Artes

Foram duas semanas de imersão. Agora, nos dias 23 e 24 de outubro, dentro da programação da XII Bienal Internacional de Dança do Ceará, os participantes da Residência artística “10 anos sem Pina” vão mostrar o resultado desse processo ao público. Sob o nome “AUSÊNCIA” o trabalho será apresentado no galpão do Centro de Narrativas Audiovisuais do Porto Iracema das Artes, o CENA 15, às 18h, com acesso gratuito.

Realizada pelo Porto Iracema e a Bienal Internacional de Dança do Ceará, em parceria com o Theatro José de Alencar e a Vila das Artes, a ação “10 anos sem Pina” foi idealizada como uma homenagem à coreógrafa, bailarina e diretora de balé alemã Pina Bausch (1940-2009), no ano em que se completa uma década de sua morte, e como uma celebração de seu legado. Entre os meses de julho e agosto, a atividade reuniu 22 artistas brasileiros para uma residência com o bailarino e diretor assistente da companhia de Pina, o grego Daphnis Kokkinos.

A residência teve seleção aberta a bailarinos profissionais e estudantes, que durante 12 dias mergulharam em um processo de pesquisa de movimento, explorando seus sentimentos mais íntimos a partir do corpo e suas possibilidades, para transformá-los em dança e teatro.

Orientado por Kokkinos, o processo teve como ponto de partida um treinamento de dança moderna baseado em Hans Zullig (Companhia Kurt Jooss) e Alfredo Corvino (Juilliard School), com uma sequência de movimentos para inspirar os dançarinos a encontrarem suas próprias composições.

Diretor assistente da Tanztheater Wuppertal Pina Bausch, Kokkinos esteve junto da alemã em suas últimas criações e participou de todas as obras de sua companhia. Como parte da programação “10 anos sem Pina”, ele também realizou uma palestra na Escola Vila das Artes, no dia 22 de julho, quando falou sobre sua experiência de 26 anos na companhia Tanztheater Wuppertal.

Sobre Daphnis Kokkinos

O artista nasceu em 1965 na Grécia. Estudou na State School of Dance, em Atenas, Greek American Union e Young Theatre of Crete. Desde 1993 compõe o corpo de bailarinos da Tanztheater Wuppertal Pina Bausch e, a partir de 2002, foi assistente da Pina Bausch. Continua a dirigir as obras nas quais trabalhou com a alemã.

Sobre Pina Bausch e Tanztheater Wuppertal

Uma das mais importantes criadoras da dança no século XX, Pina Bausch foi precursora da dança-teatro, o Tanztheater, expressão que dá nome à sua companhia. Na pequena cidade de Wuppertal, as sementes foram plantadas para uma revolução que serviu para emancipar e redefinir a dança através do mundo. Pina fez da necessidade universal a chave do seu trabalho: o amor, a intimidade e a segurança emocional. Ao longo dos trinta e seis anos em que lapidou o trabalho da Tanztheater Wuppertal até sua morte em 2009, ela criou uma obra que lança um olhar único para a realidade.

Com a vontade de manter vivo o trabalho de Pina Bausch, a companhia Tanztheater Wuppertal continua viajando por todo o mundo, apresentando as mais de quarenta obras que foram criadas pela coreógrafa. Além disso, hoje, os bailarinos da companhia também disseminam as técnicas da mestra com oficinas e criações próprias inspiradas nos princípios e processos com ela experimentados.

Sobre a Escola
O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO
O quê: Alunos da residência “10 anos sem Pina” apresentam “AUSÊNCIA” na XII Bienal Internacional de Dança do Ceará
Quando: Dias 23 e 24 de outubro, às 18h > Cena 15 (Rua José Avelino, 465, Praia de Iracema) > Gratuito

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Adriana Martins
Publicado em: 17/10/2019