Beatriz Pinheiro fala sobre processos artísticos e seus intercâmbios em novo “Entre Telas Artes Visuais”

Transitando entre diversas linguagens artísticas, Beatriz contará sua trajetória nas artes visuais, sua diversidade de técnicas e seus projetos em Live Painting

A jornada de Beatriz Pinheiro pelos traços e tintas iniciou em 2016. Transitando entre o teatro, o circo e as artes visuais, ela transmite emoções e universos latentes em seu ser como artista. Para falar sobre processos artísticos e seus intercâmbios, além de temas presentes em suas obras visuais, ela será a convidada da nova edição do “Entre Telas Artes Visuais”. A live acontece na próxima terça-feira (8), a partir das 15h, pelo Instagram da Escola.

Com passagem pelo Porto Iracema por meio dos Cursos Básicos de Artes Cênicas, a multiartista é uma das integrantes da Feira do Mar Virtual, que vem sendo realizada pela Escola desde 2014 e este ano, em sua 8ª edição, integra a programação de 7 anos do Porto Iracema das Artes, neste mês de agosto. No circuito de artes visuais, participou ano passado da Bienal Black Brazil Art, que busca trazer mudanças positivas na inclusão artística e na igualdade de gênero e raça para artistas. Este ano, Beatriz foi uma das cinco escolhidas para realizar residência artística internacional em 2021.

Na live, mediada pela coordenadora do Curso Básico em Artes Visuais do Porto Iracema, Carolina Vieira, ela também vai contar como enveredou pelo Live Painting, a partir de 2018. A técnica consiste em uma pintura ao vivo, criando uma arte autêntica e intuitiva a fim de ressaltar a beleza da prática e propiciar harmonia entre a música e a pintura, traduzindo a energia do ambiente em que acontece o processo.

Além desses assuntos que permeiam sua produção, ela falará sobre a campanha de financiamento coletivo da qual está participando através do projeto Black Brazil Art. Confira mais sobre a campanha AQUI .

Realizado pelo Porto Iracema das Artes, o Entre Telas é uma ação que vem trazendo uma série de debates online com artistas e pesquisadores a fim de discutir suas formações e processos criativos sob diferentes contextos, especialmente durante o isolamento social.

Sobre Beatriz Pinheiro

Beatriz S. Pinheiro é cearense natural de Fortaleza, onde reside quando não está viajando atuando em multilinguagens em realizações artísticas. Bailarina da Cia Anagrama, Companhia de Dança Negra Contemporânea em Fortaleza-CE. Artista visual, Com formação também em circo e teatro, é também coordenadora no Núcleo Soubiose (CE). Iniciou em 2016 sua jornada pelos traços e tintas, transmitindo em suas manifestações artísticas várias linguagens, sempre buscando expressar emoções e universos latentes em seu ser. iniciou seu projeto de live Painting em 2019, Tem como destaque de seus trabalhos de Artes Visuais e exposição em eventos de arte e cultura, pelo brasil,em Estado como CE, PE, GO, BA, MG, RS, SC e SP.

@pir4rt 

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há sete anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço

O quê: “Beatriz Pinheiro fala sobre processos artísticos e seus intercâmbios em novo “Entre Telas Artes Visuais”
Quando: terça-feira (8), a partir das 15h
Onde assistir: Instagram da Escola Porto Iracema das Artes

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Rafaela Leite
Publicado em 28/08/2020