Mahmundi, Luiza Nobel, Zéis e Glauber Alvez participam do primeiro Afluentes Música

O Afluentes vem sendo realizado em várias linguagens e reúne tutores e artistas que passaram pelas diversas esferas formativas da Escola. O encontro vai ao ar na próxima terça-feira (25), às 16h.

Sob tutoria da cantora, compositora e produtora Mahmundi, os artistas Luiza Nobel, Glauber Alvez e Zéis desenvolveram o projeto “Um corpo sem voz em busca de voz”, primeiro projeto autoral da cantora cearense. A pesquisa, realizada no Laboratório de Música do Porto Iracema, em 2019, abordou temas como aceitação do corpo e reflexões da mulher negra, perpassando diversos gêneros musicais. Para falar sobre o trabalho, seus processos e desdobramentos, eles se reunirão novamente na primeira edição do “Afluentes Música”. O evento acontecerá na próxima terça-feira (25), a partir das 16h, no Youtube e Facebook da Escola.

A live será mediada pela coordenadora do Lab Música, Mona Gadelha, e vai abordar o processo de criação do novo trabalho de Luiza, produzido durante a imersão no Lab Música, a preparação de lançamento de seu novo single, “Tô Bem”, fruto desse trabalho, assim como os caminhos percorridos para alcançar a sonoridade desejada. O tema ganha destaque nesse momento de pandemia em que a produção de música vem tentando reinventar-se.

O Afluentes é um momento de reencontro entre artistas-pesquisadores, tutores e professores das várias esferas formativas do Porto Iracema das Artes. Três ou mais pessoas compõem uma “mesa”, disponibilizando referências sobre os projetos e os temas que motivam as conversas.

Sobre Mahmundi

Foto: Rui Mendes

Cantora, compositora e produtora. Se destacou com seu disco de estreia, “Mahmundi”, que ganhou em 2016 o Prêmio Revelação da APCA (Associação Brasileira dos Críticos de Arte) e colheu inúmeros elogios da crítica. Em 2018, Mahmundi lançou “Para Dias Ruins”, seu primeiro projeto na Universal Music, que recebeu uma indicação ao Grammy Latino, na categoria “Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa”. Em paralelo a seu trabalho como cantora e compositora, Mahmundi também vem atuando regularmente como produtora, recentemente tendo assinado a produção de trabalhos de bandas como Liniker e os Caramelows e Plutão Já Foi Planeta, a além da regravação de “Sangue Latino” dos Secos e Molhados para o seriado “As Five”, da Rede Globo e a canção “Coisa Boa”, do Diogo Nogueira.

Sobre Luiza Nobel e o projeto “Um corpo sem voz em busca de voz”

Cantora, compositora e atriz, uma das artistas mais atuantes na cena cearense, entrou no Laboratório de Música em 2019. Ao lado dos músicos e compositores Zeis e Glauber Alvez, Luiza recebeu a orientação para seu projeto (Um corpo sem voz em busca de voz) da cantora, compositora e produtora musical Mahmundi (que também orientou o projeto de Benjamin Arquelano, Ainda sou Ponto, em 2018).  Ao longo da pesquisa, os artistas buscaram encontrar uma musicalidade que transitasse pelos gêneros produzidos dentro na era analógica, como o soul, jazz, blues, rock, samba/rock, além de passear pela música pop digital produzida atualmente.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há sete anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço

O quê: “Mahmundi, Luiza Nobel, Zéis e Glauber Alvez participam da primeira edição do Afluentes Música”
Quando: terça-feira (25), às 16h
Onde acessar: YouTube e Facebook da Escola Porto Iracema das Artes

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Rafaela Leite
Publicado em 21/08/2020