“O dizer da experiência” entra em foco na 3º edição do Conversas com artistas da cena em formação

Realizado semanalmente, o projeto vem trazendo artistas da cena para refletir sobre suas trajetórias formativas. O convidado da vez é o professor e pesquisador Bernardo Mendes.

Professor, pesquisador e ator em formação, Bernardo Mendes atua, principalmente, no processo de aprendizagem teatral para crianças de 8 a 12 anos de idade. Ele será o terceiro convidado do “Conversas com artistas da cena em formação”, que vem trazendo atores e atrizes para debates sobre suas vivências e dificuldades formativas. O bate-papo da vez traz o tema “O dizer da experiência” e será lançado em vídeo através do Youtube da Escola na próxima segunda-feira (24), às 10h.

Promovidos pelo Laboratório de Teatro do Porto Iracema em parceria com o Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Ceará, os encontros deste primeiro ciclo partem do livro “A condição do ator em formação: por uma fenomenologia da aprendizagem e uma politização do debate”, do professor adjunto do Curso de Teatro da UFC, Tiago Fortes, mediador dos debates. Os vídeos estão sendo divulgados semanalmente, sempre às segundas-feiras, e refletem sobre as trajetórias dos convidados a partir de suas próprias condições a fim de construir seus próprios parâmetros, valores e metodologias.

Os dois primeiros encontros trouxeram a atriz Mariane Romão, com o tema “Faultfinding: o descobridor de falhas” e Bruna Pessoa, que falou sobre a “Mística da resistência”. A edição de encerramento deste primeiro ciclo trará a artista Lídia Ferreira, com o bate-papo “Não pensa, faz”.

O “Conversas com artistas da cena em formação” é um desdobramento do “Poéticas de Coexistência – Artes Cênicas”, que seguirá com programação mensal a partir de diferentes linguagens da arte.

Sobre Bernardo Mendes

É Professor, pesquisador e ator em formação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professor/pesquisador na rede de educação pública através da bolsa CAPS de Residência Pedagógica em Licenciatura em Teatro pela UFC, atua na ONG Associação Casa de Afonso e Maria (ACAM – Mandacaru), no Vicente Pinzon, com o ensino de princípios básicos de teatro para crianças de 8 a 12 anos. Ator em “Que horas passa o trem da volta?”, a décima montagem do curso de Licenciatura em Teatro da UFC, com direção de Maria Vitória, iniciando pesquisa que foca seu olhar sobre o Teatro Político e suas reverberações no processo de aprendizagem no ensino fundamental II, no ensino público da cidade Fortaleza.

Sobre Tiago Fortes

É professor adjunto do Curso de Teatro-licenciatura da Universidade Federal do Ceará. Doutor em Artes da Cena pela UNICAMP e Mestre em Teatro pela UNIRIO. Autor do livro “A Condição do Ator em Formação: por uma fenomenologia da aprendizagem e uma politização do debate”. Em sua trajetória acadêmica já participou da publicação de livros, revistas e congressos nacionais e internacionais como Congreso Internacional y Congreso Nacional de Teatro (IUNA-ARG) e Congresso Brasileiro de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas (ABRACE). Seus trabalhos cênicos já participaram de festivais como Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga, Festival Atos – Campina Grande (PB), Mostra Sesc Cariri, Festival de Teatro de Fortaleza e Bienal Internacional de Dança do Ceará. Destacam-se os trabalhos “Como Representar os Negros?, “As Suplicantes” e “De Santiago do Chile, 1973” como diretor e “O Coração Denunciador” e “Cartas do Asilo” como ator.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há sete anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço

O quê: “O dizer da experiência” entra em foco na 3º edição do Conversas com artistas da cena em formação
Quando: segunda-feira (24), às 10h
Onde acessar: YouTube da Escola Porto Iracema das Artes

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Rafaela Leite
Publicado em 20/08/2020