Porto Iracema disponibiliza “Ao Mar”, curta-metragem de ficção realizado pelos alunos da Escola

Os documentários “Rastros” e “Matraca”, ambos de 2015, já foram disponibilizados pela Escola como parte da campanha Embarcação das Artes

Dando continuidade à liberação dos curtas-metragens feitos por alunos no PREAMAR Audiovisual – Programa de Realização da Escola Porto Iracema das Artes, nesta semana disponibilizamos no canal do Youtube da Escola o filme “Ao Mar”, de 2016. Assim como “Rastros” e “Matraca”, os dois primeiros filmes divulgados na nossa Embarcação das Artes que realiza ações online durante o período de isolamento social, “Ao Mar” retrata a cidade de Fortaleza a partir da literatura, mas desta vez a narrativa é ficcional.

Dirigido por Esaú Pereira, que também atuou no roteiro junto com Lucas Negreiros e Djeyne Rudolf, o filme de nove minutos tem inspiração no livro “Dicionário Amoroso de Fortaleza”, da escritora cearense Tércia Montenegro. Ao lado de “Rastros”, o curta-metragem integrou o 27º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, em 2017, selecionado para a mostra Olhar do Ceará, espaço de discussão do audiovisual cearense.

Em 2018, juntamente dos curtas “Aos Meus Pés”, de Felipe Saraiva, “Capitais” de Kamilla Medeiros e “Rastros”, o filme foi exibido em sessão de homenagem à Escola Porto Iracema no IV Cine Jardim – Festival Latino-Americano de Cinema de Belo Jardim, interior de Pernambuco.

Ao longo das próximas semanas, os curtas realizados pelos alunos de 2017, “Capitais”, “Grilhões” e “Aos meus pés”, também estarão disponíveis. Já estão em nosso canal do Youtube os documentários “Matraca”, de Ted Rafael, David Aguiar, Sabina Nunes e George Frota, e “Rastros”, de Sabina Colares e Samarkandra Pimentel. Para saber mais sobre cada obra, veja AQUI.

A seguir, você pode conferir mais informações e o curta na íntegra:

AO MAR 

Ficção – 2016 – 09′

ASSISTA AQUI

Frame do curta “Ao Mar”

SINOPSE: Luana é uma adolescente que vive em uma vila de pescadores à beira-mar, com seu avô, Silvano. Eles tiram o sustento da pesca, mas a menina possui um forte medo do mar. Após insistentes investidas do avô, Luana é posta em uma situação em que se vê obrigada a encarar o seu maior medo: entrar no oceano.

CRÉDITOS:
Direção: Esaú Pereira
Assistente de Direção: Djeyne Rudolf
Roteiro: Lucas Negreiros e Djeyne Rudolf e Esaú Pereira
Produtor: Lucas Negreiros
Assistente de Produção: Camila Maraschin e Sayuri Shimabukuro
2° Assistente de Produção: Johan Camilo
Direção de Fotografia: Hygor Linhares
1° Assistente de Câmera: Fabiano Brasileiro
2° Assistente de Câmera: Luan Marques
Assistente de Som Direto: Pedro Sá
Microfonista: Leticia Belo
Som Direto: Cainan Bittencourt
Montagem:Esaú Pereira
Continuísta: Victtor Santiago
Elenco: Larissa Góes, Pedro Gonçalves e Hilton da Costa
Figuração: Jefferson de Lima, Madson de Oliveira, Pedro Samir, Ricardo Sales (Totó) e Sabrina Souza
Produção de Alimentos: Ivoneide Gois
Direção de Arte e Figurino: Gleice de Souza e Larissa Rodrigues
Maquiagem: Sabrina Souza
Making Of: Marcella Elias

Sobre o Preamar

O programa tem como objetivo criar condições de intensas experiências estéticas, com vistas a aprofundar os estudos desenvolvidos no Programa de Formação Básica da Escola: Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual e Fotopoéticas. A proposta é compor equipes de alunos que passaram pelo Porto para se engajarem em projetos de criação de vídeos de ficção e documentários, montagens de peças, ensaios, exposições e outras práticas, sob a tutoria de profissionais de carreira consolidada.

Como o nome do programa sugere, a ideia é elevar ao nível máximo as possibilidades de formação, criando uma turbulência potente e criativa, assim como as marés cheias do mar aberto, a PREAMAR referida no título do programa.

SERVIÇO

Fique em casa, por você e pelos outros!
Para saber todas as informações sobre o novo Coronavírus, a acesse https://coronavirus.ceara.gov.br/ ou ligue 24h no 0800 275 1475.