Em grupo de estudos, Porto Iracema das Artes promove debates sobre o contemporâneo


Formação será coordenada por Helena Vieira e por Lucas Dilacerda

O contemporâneo e as suas guerras, seus dispositivos de poder, de resistência e de contraofensiva são algumas das questões que serão abordadas no grupo de estudo realizado no Porto Iracema das Artes entre 11 de setembro e 23 de outubro. A iniciativa é promovida em parceria pelos laboratórios de Artes Visuais e de Teatro da Escola, funcionando como um espçao de pensamento cujo objetivo é possibilitar o encontro de diversos desejos e saberes a fim de produzir debates, questões, diálogos e sínteses possíveis. Os encontros acontecerão quinzenalmente, às quartas-feiras, de 10h30 às 12h, na sala B2 do Porto Iracema.

Sob coordenação da pesquisadora e escritora Helena Vieira e do artista e filósofo Lucas Dilacerda, a formação oferece 10 vagas, reservadas a pessoas interessadas em debater o contemporâneo a partir do estudo crítico de textos estrategicamente escolhidos como ponto de partida para as conversações. O material que será utilizado durante os encontros está disponível nesta pasta.

O acesso ao grupo é gratuito e, para participar, basta os interessados terem disponibilidade e mediar diálogos. Poderão se inscrever pessoas de qualquer área (Antropologia, Arte, Biologia, Comunicação, Direito, Economia, Educação, Engenharia, Filosofia, História, Letras, Medicina, Psicanálise Psicologia, Sociologia etc).

As inscrições, que devem ser feitas AQUI, acontecem até a próxima sexta-feira, 06. A seleção e divulgação do resultado dos selecionados acontecem na segunda, dia 09 de setembro.

Sobre Helena Vieira
Helena Vieira é pesquisadora, transfeminista e escritora. Estudou Gestão de Políticas Públicas na Universidade de São Paulo. Foi colunista da Revista Fórum e contribuiu com diversos meios de comunicação, como o Huffpost Brasil, Revista Galileu (especial sobre transexualidades) e Cadernos Globo (Corpo: artigo indefinido), participando das discussões sobre a novela Força do Querer. É consultora do SsexBbox Brasil. Recentemente, contribuiu com artigo para o livro Tem saída: Ensaios críticos sobre o Brasil e história do movimento LGBT no Brasil e com o livro Explosão feminista, organizado por Heloísa Buarque de Holanda.

Sobre Lucas Dilacerda
Lucas Dilacerda é artista e filósofo. Graduado em Filosofia com distinção Summa Cum Laude e Mestrando em Filosofia na Universidade Federal do Ceará. Pesquisa Estética e Filosofia Contemporânea no Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFC, onde coordena o GEEFA – Grupo de Estudos em Estética e Filosofia da Arte. É integrante do LAMUR – Laboratório de Artes e Micropolíticas Urbanas e do Laboratório de Artes Visuais do Porto Iracema das Artes. Foi pesquisador do Núcleo de Pesquisa do Museu de Arte Contemporânea do Ceará e curador da exposição Soterramento (2018). Atualmente é coordenador do LAC – Laboratório de Arte Contemporânea e do Grupo de Estudos em Arte e Decolonialidade.

SOBRE A ESCOLA
O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

Serviço
Oquê: Grupo de Estudos “Guerras do Contemporâneo”, com Helena Vieira e Lucas Dilacerda
Quando: Quinzenalmente, às quartas-feiras, das 10h30 às 12h, de 11 de setembro a 23 de outubro
Onde: Sala B2 do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)
GRATUITO
Inscrições de 02 a 06 de setembro AQUI  
10 vagas

Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Lucas Casemiro
Publicado em 02/09/2019